terça-feira, 18 de agosto de 2009

Angustia




A noite me sorrí...
Fatigada dos desejos
sombrios
Das vontades
negras,
Dos incesantes
gritos
desesperados,
ávidos por sentimentos.
Sinto a chaga magoada
do passado.
Vejo a tristeza nos olhos do desespero
frio
e do choro dos infelizes
[solitários]
e a imagem amargurada dos meus olhos
sofrem.
Sofrem por não poder ver
ou veem o sofrer de nao poder sentir...
Algo que nao seja dor ou
a despedida do meu corpo ao seu.

Um comentário:

  1. Belíssimas postagens!
    Seu blog é lindo!
    Adorei!
    Vou te seguir menino!
    Beijinhos de luz!

    ResponderExcluir