domingo, 4 de janeiro de 2009

Distancia

...E a cada passo sinto sua presença,
como se chegasse a mim em
uma essência de rosas.
Sinto que o destino agora
nos uniu como a nuvem ao vento.
....E que talvez aquela solidão não exista...
Os verdes campos nos quais um dia caminhamos,
serão outra vez nossa rota para à
alegria,
outrora adormecida...
veja o horizonte...
Que tantas vezes fiz de porta para nossa infinita jornada
em busca do eterno, do mágico...
Separados, algúns momentos
nostágicos se foram do meu pensamento...
E vêem à mente quando me deparo
com sua imagen, esta que sempre tentei
esquecer...
Em breve o nada me encontra,
ou me afasto do tudo, não sei...
tudo o que sei é que esse caminho me
leva...
Me aproxima,
me trasforma em futuro pra voce
e passado, porém, para mim mesmo(...)

Um comentário: